doenças psicológicas/dor/morte humana/suicídio

PARA REFLETIR: QUAL A FUNÇÃO DA DOR?

“Se um dia descobrirem um remédio que combata todas as dores, certamente será muito procurado, porém a dor é o guia fundamental que leva às causas de doenças e promove as mudanças e cuidados necessários para a cura, sendo parte fundamental da manutenção da própria vida.

Em nível psíquico, como seria uma vida onde não houvesse sofrimento? Nosso desenvolvimento ao longo de toda vida é estruturado também pela dor, pelo sofrimento. O sofrimento implica em abandonar estruturas internas que se tornaram inúteis, disfuncionais, exigindo maior elaboração e maturidade em etapas diferentes da vida.

A criança se confronta com o bebê que já foi para se desenvolver como criança, bem como o adolescente com a criança, o adulto com o adolescente e por fim, o aprendizado da velhice.

Cada grande etapa do desenvolvimento humano nos cobra grandes mudanças, nos reestruturarmos internamente e somos forçados a corresponder com o mundo externo, no qual a dor e o sofrimento são partes fundamentais para o desenvolvimento contínuo que busca de novas formas de ser e de se adaptar.”

fonte: Wagner Nicolau

DOR pode ter vários sentidos na vida de uma pessoa, desde a dor física até à dor psicológica. Ambas machucam de tal forma que muda o indivíduo de forma que é impossível ignorar.

Crescer, amadurecer e ver a vida com outros olhos com a ajuda da dor é algo admirável, mas quantos o conseguem sem antes surtar, cometer suicídio ou obter ajuda profissional?

É fato que todos irão sofrer na vida (bem provável que até nossos últimos dias), alguns mais outros menos, o modo como encaram isso e sua sensibilidade perante aos fatos é que faz a diferença na hora de superar os traumas e conseguir voltar a um estado de equilíbrio. Pois simplesmente ignorá-la não passa de uma bomba relógio pronta para explodir ao menor sinal de perigo ou ameaça.

Assim como a morte a dor pode ser um tabu, podemos querer escondê-la para parecermos fortes aos demais. O que só vamos perceber mais tarde (às vezes tarde demais) é que esse ato só nos deixa mais fracos e com menos ferramentas para enfrentar nossos problemas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s